Dicas

05 Janeiro 2016

Você pratica exercícios físicos e não vê resultado?
  • Compartilhar:

  •                               
  • Tamanho fonte:

  • -a A+


Por: Rafaela Fusieger / Designer: Ana Carla Bortoloni  - Unimed Brasil



 



Diversos detalhes, da alimentação à forma como o exercício é feito, podem influenciar nos efeitos.



Mesmo com uma rotina de treino disciplinada há quem relate não perceber diferença significativa no corpo. As curvas desenhadas demoram a aparecer e as gorduras indesejadas insistem em permanecer. Caso você tenha se identificado com essa descrição, antes de desanimar-se, comece a observar algumas atitudes presentes na sua alimentação e na rotina de exercícios físicos, muito provavelmente algum item está precisando de uma atenção a mais. 



O fato de malhar com regularidade não é sinônimo de poder exagerar na comida, principalmente se entre os objetivos está o emagrecimento. Não há exercício físico que consiga trazer resultados quando eles são usados como desculpa para comer mais. A cautela com a alimentação deve ser aplicada em todos os dias da semana, não apenas de segunda a sexta-feira. 



 



Alimentação pré e pós-treino 



30 minutos antes do treino: opte pelos carboidratos complexos, entre eles estão os pães integrais, batata doce, arroz integral, salada de frutas, iogurte ou açaí em conjunto com grãos (granola, linhaça dourada, aveia ou quinoa real).



Após o treino: opte por alimentos ricos em proteína, entre eles estão o frango, peixe, blanquet de peru, iogurte e quinoa real. 



 



Exercícios físicos: como obter resultados



• Procure um profissional para elaborar a rotina de exercícios.



• Não faça atividade física em jejum.



• Não fuja das sessões de musculação.



• Alie a musculação com uma atividade aeróbica.



• Concentre-se ao realizar cada exercício, sem distrair-se com o ambiente.



• Conheça qual região deve ser estimulada com o movimento.



• Execute corretamente as repetições e observe qual região está sendo estimulada.



• Escolha uma carga que, ao final das repetições, o faça se sentir cansaço.



• Modifique o treino a cada dois meses.



• Varie o nível de dificuldade de cada exercício.



•Depois do treino alimente-se para recuperar a musculatura.



Fonte: MdeMulher / Corpo a Corpo



 



Conteúdo aprovado pelo coordenador técnico-científico do Portal Unimed.


Mais Dicas

 

Buscar Médico: